Família encontra gatinho, mas quando cresce, todos ficam em estado de choque

As aparências iludem, e a história que vamos lhe contar é um exemplo disso. Quando estas pessoas encontraram este animal, pensavam que ele era um gatinho frágil e abandonado. Mas quando souberam o que ele era na verdade, ficaram em choque!

Recentemente, na Tailândia, uma família encontrou um filhote de gato nas ruas e resolveu levá-lo para casa. Eles não conseguiram ficar indiferentes àquele ser indefeso, abandonado à sua própria sorte. Depois, quando olharam com atenção, notaram que ele não era um gatinho normal.

Facebook - Wildlife Friends Foundation Thailand
Facebook – Wildlife Friends Foundation Thailand

Então, eles resolveram ligar para a Wildlife Friends Foundation Thailand – WFFT. A organização enviou alguns membros da sua equipe para investigar o caso do curioso felino. Foi aí que eles fizeram uma grande descoberta…

Facebook - Wildlife Friends Foundation Thailand
Facebook – Wildlife Friends Foundation Thailand

Aquele não era um simples animal de rua, mas sim uma espécie em vias de extinção do sudeste da Ásia: Os Gatos de Pesca. Não é muito usual encontrar um destes felinos recém-nascidos sem a sua progenitora. Mas os trabalhadores da WFFT acreditam que ela o tenha deixado para trás sem saber, ao mover os outros filhotes.

Facebook - Wildlife Friends Foundation Thailand
Facebook – Wildlife Friends Foundation Thailand

Sozinho, com certeza ele iria morrer. Mas o seu destino teve uma nova luz quando aquela família o encontrou e levou para casa. Agora o animal, batizado de Simba, foi levado para a fundação onde está sendo alimentado e cuidado. Ele estava com muita fome, e ficou muito contente por ser tratado.

Alamy
Alamy

É muito importante que este gato sobreviva, pois a sua espécie está em vias de extinção. Tudo isso porque a egoísta humanidade está destruindo o seu habitat natural… revoltante! Em três anos, 84% da população destes felinos desapareceu da face da terra. Quando é que os humanos irão parar de destruir a natureza?

Facebook

Quer mais histórias? Click »