Mulher parou para fotografar um alce – mas quando vê uma pata no ar, ela vai correndo pedir ajuda

Toda a gente ama observar os animais selvagens em seu habitat, e essa mulher não é diferente. Ela parou seu carro para fotografar um alce e sua cria quando percebeu que havia outra coisa por trás dos dois. Quando viu o que era, ela correu para ajudar!

Jodean Howie saiu do carro apenas para fotografar um alce, mas acabou sendo uma heroína. Enquanto colocava a câmera em posição, a mulher ouviu um barulho que estava vindo da grama. Foi aí que ela notou em algo marrom saindo do chão. No início, Jodean achava que era um ramo. Mas depois, ele se moveu e a jovem percebeu que era uma pata.

Quando a família dos alces atravessava o campo, ela tinham que pular sobre uma cerca de arame farpado. Os outros dois alces passaram sem qualquer tipo de problema, mas o segundo bebê não teve tanta sorte.

Facebook – Jodean Howie

O pequenote ficou com a perna torcida e emaranhada no fio, e não conseguia se libertar. Com cuidado, Jodean se aproximou do animal indefeso, ficando sempre de olho na sua mãe protetora. A qualquer momento, ela podia ficar agitada com um humano se aproximando do gilho, e magoar a mulher!

Surpreendentemente, a mãe permaneceu calma como se soubesse que Jodean só estava lá para ajudar. A jovem reparou que o fio estava muito apertado para que ela pudesse soltar a cria. Então, ela teve uma ideia brilhante: o fio estava preso a um portão, e esse portão poderia ser deslocado para afrouxar o fio… e foi exatamente isso que ela fez.

Com esse método, o pequeno alce escapou facilmente de sua armadilha. Felizmente, ele não sofreu ferimentos graves e foi correndo para sua família sem problemas. Sem o pensamento rápido e a coragem dessa mulher, o bebê talvez não sobreviveria.

Jodean foi sem dúvida uma heroína e salvou a vida desse animal. Compartilhe se acha que suas ações merecem ser louvadas!

Fonte:  Glad Wire

Facebook

Quer mais histórias? Click »