Soldado avisa seus pais que está voltando da guerra. Ele ficou em choque com o que disseram

Um soldado finalmente estava voltando para casa depois de ter lutado na Coréia. Então, ele ligou para avisar seus pais de que estava em Los Angeles.

“Mãe e pai, estou voltando para casa, mas tenho um favor a pedir. Tenho um amigo que gostaria de trazer para casa comigo”.

Então seus pais concordaram e disseram estar ansiosos para conhecê-lo. Mas o filho continuou:

“Há algo que vocês devem saber, ele estava muito ferido na luta. Pisou em uma mina e acabou perdendo um braço e uma perna. Ele não tem nenhum outro lugar para ir, e eu quero que ele venha viver conosco”.

Então os pais disseram:  “Lamento ouvir isso, filho. Talvez possamos ajudá-lo a encontrar um lugar para morar”

Mas o filho insistiu: “Não, mamãe e papai, eu quero que ele more conosco.”

Então o pai explicou:

“Filho, você não sabe o que está pedindo. Alguém com tal desvantagem seria um fardo terrível para nós. Nós temos nossas próprias vidas para viver, e não podemos permitir que algo assim interfira com nossas vidas. Acho que devia ir para casa e esquecer esse cara. Ele vai encontrar uma maneira de viver sozinho”.

Foto: Soldados em Guerra
Foto: Soldados em Guerra

Então, o filho desligou o telefone e os pais não ouviram mais nada dele. Poucos dias depois, porém, receberam um telefonema da polícia de Los Angeles que dizia que seu filho tinha morrido após cair de um edifício e tudo indicava que era suicídio.

Os pais, aflitos, voaram para Los Angeles e foram direto para o necrotério da cidade para identificar o corpo de seu filho. Eles o reconheceram, mas para seu horror também descobriram algo que não sabiam: seu filho tinha apenas um braço e uma perna.

Lição da história:

“Os pais nesta história são como muitos de nós, achamos fácil amar aqueles que são bonitos ou divertidos, mas não gostamos de pessoas que nos incomodam ou nos fazem sentir desconfortáveis. Preferimos ficar longe daqueles que não são tão saudáveis, bonitas ou inteligentes como nós. E podemos acabar perdendo pessoas muito importantes por essas atitudes egoístas”.

Compartilhe esta história e mostre a todos por que precisamos aceitar as pessoas como elas são. É sempre importantes sermos mais compreensivos com aqueles que são diferentes de nós.

Facebook

Quer mais histórias? Click »