Casal é expulso de um cruzeiro porque a mulher sofre de Alzheimer

As pessoas mais velhas nem sempre são tratadas com o devido respeito que merecem, sobretudo quando estão doentes. Todos nós estamos envelhecendo a cada dia que passa, por isso não entendemos como alguém consegue ser tão cruel com os idosos. O casal de quem vamos falar em seguida foi expulso de um cruzeiro, tudo porque a mulher sofre de Alzheimer.

Cruzeiro para assinalar 50 anos de casamento

Jean Mérel, de 78 anos, e sua esposa Marie, de 81 anos, decidiram aproveitar a vida e fazer um cruzeiro nos seus 50 anos de casamento. Claro, esse aniversário merecia algo excecional. O casal francês embarcou num navio da MSC Cruises, e não poderia estar mais feliz. Marie sofre da doença de Alzheimer, mas o seu médico indicou que não havia problema em fazer a viagem ao Mediterrâneo. Na verdade, ele até incentivou a paciente, pois a mudança de ares poderia “fazer muito bem”.

Actu
Férias terminam precocemente

No dia 13 de maio, o barco tinha acabado de sair de Veneza para uma viagem de 8 dias de cruzeiro, quando as férias foram completamente arruinadas. Para garantir a segurança da sua esposa, Jean Mérel perguntou ao pessoal se poderia reforçar a fechadura da porta da cabine do quarto. Sem saber, o esposo amoroso desencadeou o pânico a bordo.

“Nós conhecemos um médico a bordo que disse que a única solução era desembarcar, quando ela nunca examinou minha esposa.” Depois de saberem que a mulher tinha Alzheimer, o casal foi expulso do cruzeiro e deixado em Brindisi, sul da Itália. O motivo dado: o estado de saúde de Marie apresentava riscos de insegurança a bordo. “Acabamos a 2200 km da casa, sem um plano de voo.”

Le Parisien
Empresa não quer reembolsar a viagem

O cruzeiro mal havia começado e os idosos já tinham de encontrar meios para voltar para casa sozinhos. Eles tiveram que fazer uma viagem entre Apúlia e Nantes, pagar as suas próprias passagens aéreas, táxis e hotéis. Para além dos danos monetários, os idosos ficaram muito desanimados e tristes por terem sido desembarcados devido à doença da idosa.

O diretor da MSC Cruises na França, Patrick Pourbais, indicou que a empresa não iria reembolsar a viagem perdida. O diretor diz que eles apenas estão dispostos a fazer uma redução numa próxima viagem.

O cruzeiro custou 3200 euros (13.912 reais), e a viagem até casa, com estadia e transporte, custou 980 euros (4.260 reais). Para além do casal não ter desfrutado das férias, não vai ter o dinheiro de volta… inadmissível!

Ouest-france

Segundo o seu médico, Marie não apresentava nenhum perigo, e esta viagem poderia lhe fazer bem. A empresa não hesitou em desembarcar o casal sem sequer querer saber como iriam voltar para casa. Agora, os idosos estão ponderando entrar com uma ação legal para reivindicar o reembolso dos custos. Esperamos que eles possam reaver o que gastaram em breve!

O que achou da atitude da empresa? Diga a sua opinião nos comentários e compartilhe para que os seus amigos possam fazer o mesmo.

Fonte: Laowl

Facebook

Quer mais histórias? Click »