Essa Pit Bull experimentou a miséria, até que os bombeiros se apaixonaram por ela

Ashley, uma cadela pitbull, morava em uma casa sem eletricidade com pessoas que nunca a passeavam, quase não a alimentavam e a maltratavam constantemente. Eles deixaram a cadelinha sozinha, ao esquecimento… A casa estava em um estado sombrio: as janelas estavam quebradas, fazia muito frio e havia excrementos em todo o lado.

Erica Mahnken, co-fundadora da No More Pain Rescue, e seu noivo Michael Favor receberam uma chamada anônima para pegar o animal abandonado. Quando chegaram, acharam Ashley, muito brincalhona e sorridente.

“Ela correu para nós, muito feliz”, disse Erica. “Ela pulou para o carro sem hesitar.” Ashley tinha apenas a “pele nos ossos”. De acordo com o veterinário, ela tinha 25 quilos abaixo de seu peso saudável. Para além, eles também notaram queimaduras de cigarro na cabeça do cachorro…

Mas a organização de Erica não tinha instalações físicas e era necessário encontrar uma família para Ashley. O casal imediatamente pensou em seus amigos bombeiros… Eles sabiam que os bombeiros de Nova York tinham um cachorro por um bom tempo, então pensaram que poderiam pedir para que ficassem com Ashley, até ela encontrar uma família de verdade.

Instagram – probyash

“Assim que ela entrou no quartel, ela moveu sua cauda, ​​lambeu e foi ao encontro de todos”, disse Erica. “Ela estava muito feliz. Não estávamos à espera disso, tendo em conta de onde ela veio.”

Instagram – probyash

Poucos dias depois, Erica recebeu uma chamada dos bombeiros. Ela pensou que algo estava errado, mas era exatamente o contrário! Eles queriam manter Ashley para sempre!

Instagram – probyash

A Pit Bull, frequentemente, anda em um caminhão com os bombeiros, e eles fazem muitos “passeios” todos os dias! Eles a levam ao telhado para brincar e ela pode comer com eles na cozinha.

Instagram – probyash

Ela, finalmente, leva a vida que sempre sonhou!

Instagram – probyash

Compartilhe essa linda história com seus amigos e familiares!

Fonte: Ultra Mignon

Facebook

Quer mais histórias? Click »