Estranhos ignoram menina perdida e desamparada. Agora veja quando ela tira a sua camisola…

Os sem-teto são descriminados todos os dias, de várias formas. Devido ao seu aspeto sujo, eles são muitas vezes maltratados, insultados e não têm oportunidades que as outras pessoas têm, como o direito a uma entrevista de trabalho.

A organização mundial UNICEF decidiu realizar um experimento para demonstrar a descriminação que os sem-teto sofrem todos os dias, e também para tentar acabar com esse preconceito.

Eles contrataram uma pequena atriz, de 6 anos, para fazer dois papéis: menina com posses e menina pobre. O objetivo era colocar Anano na rua, sozinha e perdida, para ver qual a reação das pessoas perante a situação. Os resultados foram assustadores…

Começaram por colocar a menina bem vestida na rua. Ao verem Anano sozinha, várias pessoas foram em seu auxílio, oferecendo ajuda. Mas depois, quando estava com as roupas rotas, e com maquilhagem para parecer suja, toda a gente que passou a ignorou… mesmo estando desamparada e sozinha, ninguém se interessou, porque era uma criança sem-teto.

A campanha está a chocar pessoas pelo mundo inteiro, devido à sua poderosa mensagem.

Durante as filmagens, Anano saiu correndo a chorar de uma das cenas. Ela ficou muito perturbada devido às pessoas a rejeitarem por causa da sua aparência. Eles tiveram de parar de filmar para que a menina fosse ser consolada pela mãe.

O que a criança passou num dia, milhares de crianças sem-teto passam TODOS OS DIAS. Imagine como elas se sentem…

A UNICEF espera que este experimento faça com que as pessoas tenham consciência dos seus atos, e comecem a tratar melhor aqueles que têm poucas posses, principalmente as crianças.

Partilhe se é a favor da igualdade e contra a descriminação!

Facebook

Quer mais histórias? Click »