A escarlatina está de volta, e todos os pais precisam estar atentos a esses sinais de alerta!

Quando nossos filhos ficam doentes, nós tentamos de tudo para que sua saúde melhore. E quando falamos da escarlatina essa preocupação é ainda mais acentuada. Se as crianças tiverem sintomas como erupção cutânea, coceira e dores de garganta, devemos nos apressar a ir para um médico para deter essa condição. Isso por que essa doença pode até ser fatal se não for tratada.

Em 2015, houve um grande aumento nos casos de escarlatina, causada por uma nova e agressiva estirpe dessa condição. Felizmente, já existem pré-antibióticos e maneiras de tratar os sintomas e curar a infeção causada por essa doença.

Como as crianças contraem a escarlatina?

Shutterstock

A batéria comum Streptococcus infeta os mais pequenos por secreção de uma toxina. As crianças sensíveis a essa batéria irão contrair a escarlatina. Como resultado, elas ficarão com uma erupção cutânea na face, pescoço, costas e peito. Apenas a área ao redor da boca fica normal. Esse é o sintoma mais usual, mas existem outros, que vamos mostrar em seguida.

Sintomas comuns da escarlatina

– Erupção cutânea.

– Cara corada.

– Dor de garganta.

– Comichão na pele.

– Gânglios inchados.

– Febre alta.

– Dor abdominal.

O que devo fazer se meu filho tiver escarlatina?

A escarlatina é contagiosa, por isso você deve limitar o contato que seu filho tem com amigos e irmãos. Separe suas escovas de dentes e os talheres que usam do resto da família, para diminuir o risco da propagação da doença. Para além disso, seu filho não deve sair até que fique curado.

O tratamento requer cerca de 10 dias de antibióticos. Eles podem melhorar mais cedo do que isso, mas deve continuar a dar os remédios até ao fim desse tempo. Depois de seus sintomas passarem, espere 24 horas antes de enviá-los de volta para a escola.

É essencial você fazer o tratamento ao seu filho. Caso contrário, essa doença pode causar problemas no coração, rins e em outros órgãos.

Tratar os sintomas da escarlatina

Shutterstock

As crianças normalmente sofrem um severo desconforto com essa condição, e os pais gostariam de lhes dar algum alívio. Para isso, existem alguns remédios naturais que você deve experimentar antes de usar analgésicos perigosos:

– O vinagre de maçã tem inúmeros benefícios para saúde, inclusive a capacidade de curar uma dor de garganta se o aquecer e adicionar pimenta caiena. Isso por que esse produto é composto por ácido acético, que também tem a capacidade de tratar infeções em pacientes com queimaduras. Coloque o vinagre de maçã em um pano de algodão, e aplique na erupção da escarlatina para reduzir seus efeitos.

– Ingredientes como mel cru, folhas de framboesa e hortelã, adicionados à água quente e consumidos 2-3 vezes por dia. irão também melhorar a dor de garganta.

– Vapor de água e umidificadores são eficazes para proteger o seu filho do ar seco que provoca tosse, ainda mais irritante para sua garganta. Adicione óleos essenciais como óleo de lavanda para ter um benefício adicional e reduzir a inflamação de sua garganta. O óleo de lavanda é bom para muitas coisas. Ele reduz os sintomas da escarlatina, hidratando a erupção cutânea e a coceira.

Pediatric House Calls

– Corte as unhas das crianças, para que elas não se cocem profundamente e causem feridas graves.

– Sopas, chás e alimentos macios irão manter sua nutrição para seu filho ficar curado rapidamente. Os fluidos quentes como o chá de mel e limão podem acalmar sua garganta. A hidratação é essencial para manter um ser humano em funcionamento.

– Fique longe de produtos irritantes como produtos de limpeza e cigarros (como se você precisasse de uma outra razão para não fumar em torno de seu filho).

Conclusão

Pode ser doloroso ver seu filho passar por todo esse sofrimento. Mas, para além do tratamento, não se esqueça de lhe dar muito amor e carinho… essa é sem dúvida a melhor cura de todas!

Facebook

Quer mais histórias? Click »