Ele enterrou o cão vivo e esta foi a punição que recebeu

Nosso mundo está repleto de pessoas maldosas. Muita gente se preocupa com a quantidade imensa de animais perigosos, ferozes e venenosos que existem. Creio que seja melhor termos mais cuidado com nossa espécie. As maiores atrocidades são sempre cometidas por humanos, desde assaltos violentos, violência doméstica e violência contra animais.

Devemos ter medo sim, isso nos torna humanos. Mas após o medo ir embora, devemos erguer nossos braços e começar a construir um mundo melhor, um mundo em que seus filhos e netos serão felizes e pessoas do bem!

Atenea foi encontrada de baixo de uma enorme montanha de terra, lutando por sua vida. Pedro Dinis foi quem a encontrou em um subúrbio de Paris. Ao ver que a terra se movia, o homem correu para ver do que se tratava e foi então que ele rapidamente começou a escavar a terra em volta da cabeça que já se começava a ver.

Facebook – Pedro Dinis

Tinha 10 anos e esta cadelinha já tinha vivido os piores dias da sua vida. Alguém que supostamente gostava dela, enterrou-a com vida, faz agora uns dois meses.

Após ser libertada, Atenea foi levada para uma clínica veterinária local. O animal encontrava-se em um estado horrível, desidratada também. Apesar de tudo, ela se recuperou em um curto espaço de tempo. Ninguém consegue imaginar a razão pela qual alguém enterraria um cachorrinho com vida. Como alguém pode ser tão monstruoso?

Facebook – Pedro Dinis

Trata-se de outro ser vivo. Por sorte, o responsável não ficou impune! Após o julgamento decretaram que o culpado pelo delito não poderia voltar a ter animais de estimação.

A punição dos atos é um exemplo para todos nós. Seja lá qual for a punição, com certeza há-de fazer com que a pessoa repense suas ações.

Facebook – Pedro Dinis

Depois de ser resgatada, a patudinha se recuperou totalmente e até já está integrada em sua nova família. Infelizmente, essa pequenina acabou morrendo tempos depois com câncer. Mas pode ficar descansada porque ela foi feliz em seu novo lar, sua família a amava muito.

Facebook – Pedro Dinis

O que você achou dessa história? Acha que o culpado teve o castigo adequado?

Facebook

Quer mais histórias? Click »