Todos os donos de cães deveriam inspecionar a boca dos seus animais de estimação após um passeio. Saiba porquê!

Os passeios matinais ou de fim de dia com nossos caninos são bem mais agradáveis no Verão. Quem não gosta de dar uma caminhada com seu melhor amigo de quatro patas e aproveitar o bom tempo?

As piscinas, o parque do bairro ou o bosque são dos locais que os donos de patudos mais gostam de levá-los a passear quando o tempo é propício. O contato com a natureza nos ajuda a realizar essa tarefa diária e é uma excelente opção para nossos amiguinhos.

Uma das coisas que mais preocupa os donos de cães são os carrapatos. Após um tempo fora em contato com folhagem e grama, todos nos verificamos nossos caninos para nos certificarmos que eles não apanharam nenhum desses parasitas.

Os carrapatos podem deixar-nos muito doentes, tanto a nós quanto a nossos pets. Por essas razões, nós não queremos correr riscos e verificamos frequentemente nossos cachorros.

É importante fazer essa pesquisa de carrapatos em todas as zonas, até mesmo por baixo da cauda e em torno de suas áreas “privadas”.

Porém, existe uma área que a maioria dos donos de cachorros nunca se lembram de verificar: A boca.

Pixabay

Uma vez que nossos caninos adoram cheirar e sentir o gosto de tudo aquilo com que se cruzam, eles podem obter carrapatos facilmente em suas bocas. Impressionante, não é mesmo?

Uma foto na página do Facebook Homestead & Survival está ganhando muita atenção, e por uma boa razão.

Facebook – Homestead & Survival

A imagem mostra um carrapato dentro da boca de um cachorro, tem mais de 1.400 reações e mais de 2.700 partilhas.

A descrição da foto é:

“A maioria das pessoas nunca olha para dentro de sua boca de cachorro ou gato para ver se há algum problema.

Com a temporada de carrapatos em força em todo o país e em muitas partes do mundo, muitos de nós nos acostumamos a verificar os nossos animais de estimação completamente da cabeça aos pés quando terminamos de jogar fora.

Um dos últimos lugares que jamais pensamos verificar (além de sob suas caudas) é dentro de suas bocas”.

Mas se você e seu cão passam muito tempo fora durante os meses em que os carrapatos estão mais ativos, você deve verificar mais vezes.

Remover um carrapato da boca do seu cão pode ser um pouco mais difícil do que uma área diferente do corpo, especialmente se o seu cão não está confortável com você tocando em sua boca.

Pixabay

O American Kennel Club explica que a melhor maneira de remover um carrapato do seu canino é usando pinças de ponta fina.

Depois de localizar o carrapato, segure-o o mais próximo possível da pele.

Em seguida, puxe suavemente usando a pinça.

Certifique-se de puxar diretamente para cima, longe de onde o carrapato estava preso.

Se você ou seu patudo não estiverem confortáveis com isso, será melhor fazer uma visita ao seu veterinário de confiança.

O American Kennel Club também explica que você nunca deve remover um carrapato com os dedos.

Pixabay

Não só não vai funcionar, como ele também pode libertar mais material infeccioso em seu animal de estimação.

Depois de remover o carrapato, lave as mãos e limpe o local com álcool.

Se você achou um carrapato na boca de seu canino, não entre em pânico. O animal vai ficar mais ansioso e isso não é bom para ninguém. Vá até ao veterinário e tudo será resolvido. Fique atento!

Pixabay

Compartilhe com seus amigos e familiares amantes de cachorros. Todos devem saber isso!

Fonte: Little Things