Dono deixa cão passar fome porque estava “demasiado estressado” com o trabalho

É incrível a forma como as pessoas por vezes agem. Nada serve como desculpa para que as pessoas maltratem ou negligenciem os animais. Mas ainda existe gente má o suficiente, que embora trabalhe com comida, consiga se esquecer de alimentar seus animais de estimação.

Um funcionário de uma associação de defesa animal resgatou em Derbyshire um cachorrinho da raça Staffordshire Bull Terrier, em uma situação de desnutrição severa. O animal não era nem capaz de caminhar.

Maxie, o patudo, pesava apenas 11 quilos e não tinha músculo nas pernas. Nos meses antes do resgate, o canino não tinha sido alimentado por seu dono que dizia estar “demasiado stressado” para o fazer.
Daily Mail

Shaun Musson, de 25 anos de idade, trabalha na cadeia de restauração KFC. Ele alegou que o trabalho lhe consumia grande parte do tempo e por esse motivo deixou de alimentar o patudo, que chegou a pesar menos 7 quilos do que o normal para o seu tamanho.

Após o julgamento em tribunal, no Reino Unido, o homem foi condenado a 12 meses de prisão com pena suspensa por igual período e o pagamento de uma coima no valor de 300€. Ficou ainda proibido de ter quaisquer animais de estimação nos próximos 10 anos.

Maxie, que ficou aos cuidados da Associação Royal Society para a prevenção da crueldade animal (RSPCA), é agora um animal saudável e procura novos donos que o queiram amar e respeitar.

Compartilhe com seus amigos e familiares.

Fonte: New Pangea

Facebook

Quer mais histórias? Click »