Menina fica congelada por 500 anos – quando a examinam, os médicos fazem uma descoberta incrível

Hoje em dia, os avanços da ciência permitem aos humanos fazer descobertas incríveis. Devido a uma pesquisa efetuada para conhecer mais sobre o Império Inca na América do Sul, uma criança chamada Maiden foi encontrada em 1999. Ela é uma garota de 15 anos que ficou congelada durante 500 anos.

Seu corpo só foi encontrado intacto por estar congelado. A descoberta de Maiden em um estado tão perfeito é uma verdadeira bênção. Isso permitirá que os pesquisadores façam pesquisas mais avançadas e, portanto, possam fazer descobertas surpreendentes sobre o passado!

Maiden foi encontrada enquanto cientistas faziam escavações arqueológicas para descobrir mais sobre a cultura inca. A garota de 15 anos foi encontrada em perfeitas condições, pois esteve congelada durante 500 anos. De acordo com as investigações, a criança foi sacrificada para prestar homenagem aos deuses venerados na época pelos incas.

Ao contrário de outros sacrifícios, as vítimas não eram assassinadas, mas sim deixadas na montanha para morrerem ao frio. Para além disso, a população dava folhas de coca as crianças que iam ser sacrificadas, para que não se apercebessem do que estava a acontecer nem fugissem. É por isso que os pesquisadores não se surpreenderam ao ver uma folha de coca entre os dentes de Maiden.

O que surpreendeu os pesquisadores é que a menina sofria de uma doença semelhante à tuberculose. Essa bactéria presente em seu corpo tem um grande potencial para a medicina atual. Ela pode ser útil para curar e combater as doenças atuais. O sacrifício de Maiden, embora seja realmente triste, irá ajudar no avanço da ciência.

Você já tinha ouvido falar dessa criança congelada?

Fonte: Incroyable

Facebook

Quer mais histórias? Click »