Cachorro de rua decide se juntar a uma corrida de 250 quilómetros e acaba ganhando um novo “pai”

Os animais abandonados precisam de muito carinho e atenção. É certo que eles fariam qualquer coisa para ter uma família que os amasse, mas o que esse cachorro fez superou as expectativas.

Dion Leonard é um corredor de maratonas que participou no “Deserts Gobi March 2016”, uma corrida de 6 dias no maior deserto da China. Na edição deste ano, 101 pessoas participaram na competição extrema. Mas houve um participante diferente…

Um cachorro de rua decidiu se juntar à corrida, acompanhando os outros corredores durante 35 quilómetros, no primeiro dia. Leonard já tinha visto o animal junto ao local onde os participantes estavam a ficar.

The Dodo
The Dodo

O que ele nunca imaginou é que a cadela se iria tornar na sua parceira de corridas. “No segundo dia, eu estava na linha de partida e vi que ela estava a meu lado, a olhar para mim”. “Pensei para mim mesmo que aquela cadela não ia durar muito tempo a meu lado enquanto corríamos, mas ela acabou correndo o dia inteiro e 37 quilómetros de distância”.

The Dodo
The Dodo

Depois de passar a linha de chegada e descansar no campo, a companheira de quatro patas se recusava a sair do lado de Leonard. A partir de então, eles se tornaram inseparáveis, e o corredor resolveu chamar a amiguinha de Gobi.

The Dodo
The Dodo

No dia 3, ela continuou na competição e correu 41 quilómetros acompanhada pelo novo “pai”.

Gobi só descansou no quarto e quinto dia, pois o tempo estava muito quente. Mas ela ainda foi ao final da corrida, para cumprimentar Leonard quando chegasse à meta.

Como Gobi é incansável, ela voltou a correr no dia final com Leonard. É impressionante como aquele cão conseguiu correr mais de metade da maratona de 250 quilómetros, só para não se separar do novo amigo.

The Dodo
The Dodo

Leonard ficou tão emocionado com a coragem da cadela, que resolveu levá-la para casa, na Escócia. Mas, infelizmente, levar um animal de estimação para o Reino Unido requer um processo longo e dispendioso.

O cachorro tem de ficar 4 meses de quarentena, mas Leonard não vai desistir dele. Gobi está com um amigo seu na China, mas os papéis já avançaram para que o animal se reúna com o novo dono.

Muitas pessoas se comoveram com essa história, e resolveram fazer doações para custear o processo. Leonard diz que é o mínimo que ele poderia fazer pela sua companheira de corrida.

The Dodo
The Dodo

“Gobi me escolheu para seu amigo para a vida, então eu estou fazendo o que posso com uma enorme ajuda de pessoas de todo o mundo, para fazer com que isso aconteça”.

Compartilhe essa história adorável com seus amigos e familiares!

Facebook

Quer mais histórias? Click »