Mãe nota que o bebê parou de se mover depois das 30 semanas – então, o impensável acontece

Saber que vamos trazer um filho a este mundo é sem dúvida um dos melhores sentimentos de sempre. Briony e Mike Curwood ficaram radiantes quando souberam que um bebê estava a caminho. A gravidez progrediu perfeitamente por alguns meses. Infelizmente, a felicidade do casal durou pouco: o bebê parou de se mover na barriga da mãe, e isso era muito mau sinal.

Cerca de 21 semanas depois de Briony ficar grávida, ela foi ao hospital para um teste de rotina. Os médicos fizeram um ultrassom para determinar o sexo da criança, e descobriram que havia uma garota na barriga de Briony!

Facebook – Bee Curwood

Infelizmente, a felicidade deles seria substituída por choque e desespero apenas algumas semanas após a visita ao hospital. Quando Briony estava grávida de 30 semanas, ela notou algo que a fez gelar. Briony não sentia mais nada em seu ventre. A gestante sabia que havia algo errado. Quando Briony e Mike foram ao hospital, os médicos examinaram a barriga da futura mãe para ver porque a criança não estava se mexendo.

 

Facebook – Bee Curwood
Um diagnóstico doloroso

Acontece que a menina parou de crescer às 22 semanas de gravidez. Isso é algo extremamente raro de acordo com os médicos. A única maneira de salvar a bebê era fazer o parto de imediato para que ela pudesse crescer fora do útero. Os pais ficaram chocados, mas aceitaram de imediato o conselho dos doutores.

Facebook – Bee Curwood

“Eles disseram que eu deveria me preparar para dar à luz naquele dia ou na manhã seguinte. Eu estava animada no começo porque pensei que ia ver a minha bebê,” disse Briony. “Eu não sabia nada sobre a prematuridade… Mas então percebi que era cedo demais e fiquei com muito medo.”

Facebook – Bee Curwood

A equipe médica fez uma cesariana para garantir que a criança nascesse viva. Felizmente, não houve complicações e a pequena Ava Grace veio ao mundo. Mas como ela parou de crescer às 22 semanas na gravidez, Ava Grace era extremamente pequena e pesava apenas cerca de 600 gramas.

“Ela não parecia um bebê. Ela parecia apenas uma bonequinha. Suas orelhas não saíam de sua cabeça apropriadamente.”

Facebook – Bee Curwood

Embora o parto tenha corrido bem, a pequena Ava Grace estava longe de estar segura. Ninguém sabia se ela sobreviveria nos primeiros dias. Mike e Briony ficaram numa angústia total.

Facebook – Bee Curwood

Felizmente, a pequena Ava Grace nunca parou de lutar por sua vida. Apesar de ter nascido com um cérebro subdesenvolvido e um batimento cardíaco irregular, ela conseguiu sair do hospital depois de algumas semanas! Ava Grace nasceu 10 semanas mais cedo, mas agora ela é uma bebê saudável e ativa.

Compartilhe a história inspiradora com os seus amigos e familiares.

Fonte: Newsner

Facebook

Quer mais histórias? Click »