Bebê de 3 anos inala pipoca pequena. 6 meses mais tarde, os médicos dizem que têm de desligar o suporte de vida

A morte de um bebê é sempre algo doloroso e trágico. Uma vida tão breve e inocente não merece desaparecer antes de ter uma chance de experimentar o mundo. Infelizmente, existem crianças que partem muito cedo, tal como aconteceu com a menina de quem vamos falar.

Mirranda Grace Lawson faleceu no início de novembro de 2016. Sua morte foi um acidente trágico, mas agora seus pais estão focados em ajudar outras famílias e a aumentar a consciencialização sobre os riscos de asfixia que nos cercam todos os dias.

Alison Lawson, a mãe de Mirranda, estava comemorando seu aniversário em casa. Ela estava feliz e realizada, junto de seus filhos e do marido Patrick. A família passou um dia de muita alegria em conjunto.

Mas quando a festas de aniversário estava chegando ao fim, algo trágico aconteceu. “No final do aniversário de Alison, Mirranda correu para a sala de estar”.

Go Fund Me
Go Fund Me

A menina caiu no chão, inanimada. Seus pais procuraram algo em sua boca, pois suspeitavam que ela estava sufocando, mas não encontraram nada.

Quando a ambulância chegou, o coração de Mirranda tinha parado. Não havia nada na boca da criança mas, alojada no fundo de sua traqueia, estava um pedaço de pipoca cortando a respiração dela.

Flickr
Flickr

A caminho do hospital, os médicos conseguiram reanimar a menina. Mas, nessa altura, os danos já eram muito grandes…

Mirranda foi transferida para o hospital e colocada no suporte básico de vida. Pouco depois do acidente, a equipe médica descobriu que a garotinha estava em morte cerebral. O hospital planejava desligar as máquinas da criança, mas os Lawsons lutaram para lhe dar mais tempo.

Go Fund Me
Go Fund Me

Eles levaram o caso ao sistema judiciário da Virgínia, dizendo que a sua filha tinha uma chance, ainda que pequena, de se recuperar da tragédia. A batalha se desenrolou no tribunal, e os Lawsons acabaram pagando 30.000 dólares para ir ao Supremo Tribunal do Estado.

Go Fund Me
Go Fund Me

Enquanto isso, seis meses se passaram, e Mirranda permaneceu em suporte vital. Ela foi cuidada por enfermeiras muito dedicadas. Embora Pat e Alison Lawson tenham lutado arduamente para manter sua filhinha neste mundo, o tribunal nunca teve que tomar uma decisão.

Go Fund Me
Go Fund Me

A saúde de Mirranda se deteriorou e ela morreu em novembro, deixando para trás um mundo que não estava pronto para perdê-la.

Uma pipoca roubou o futuro da pequena garota. E seus progenitores não querem que aconteça o mesmo a outras crianças. Por favor, compartilhe o perigo das pipocas com todos os pais que conhece, para que isso não aconteça a mais nenhuma família!

Facebook

Quer mais histórias? Click »