Mãe fica chocada ao encontrar seu bebê com um estranho – mas quando ele diz essas 5 palavras, ela desata a chorar

Vários estudos demonstram que o contato físico tem um efeito curativo sobre as pessoas, especialmente nas crianças. Infelizmente, com o emprego e tarefas diárias, nem sempre é possível os adultos estarem perto de seus filhos doentes. Por vezes, não existe outra alternativa senão deixar o bebê com um estranho. Mas, nesse hospital que vamos ver em seguida, os filhos ficam em boas mãos!

No Hospital de Crianças de Atlanta, nos Estados Unidos, existe uma pessoa que facilita a vida dos novos pais. Seu nome é David Deutchman, e ele embala bebês em seus braços no hospital há mais de 12 anos. O homem é um voluntário que faz tudo isso para ajudar as crianças doentes e seus pais.

Facebook – David Deutchman

David se aposentou há 15 anos, e sentiu, tal como muitos outros pensionistas, que tinha demasiado tempo livre. Apesar de dar palestras em universidades próximas, ele queria fazer algo mais pela sociedade. Então, o aposentado foi ao hospital e perguntou se eles precisavam de um voluntário. O homem estava disposto a fazer qualquer tipo de atividade.

Durante um ano, ele ajudou o departamento de saúde infantil e depois mudou-se para a seção de cuidados intensivos neonatais. O homem de 82 anos é casado e tem duas filhas e dois netos. Ele diz que trabalhar no hospital é ótimo não só para as crianças, mas também para ele.

Facebook – David Deutchman

“Isso faz você se sentir muito feliz. Adoro fazê-lo, não apenas por estar com os bebês, mas também pela boa atmosfera no hospital”, conta. Seus braços estão abertos para bebês, mas também para mães e pais que precisem de um ombro amigo. A mãe do pequeno Logan é uma delas. Todas as noites, a mulher tem de ir para casa cuidar de sua outra filha. E, pela manhã, ela volta para ver seu bebê prematuro nos cuidados intensivos.

A mulher se sentia muito culpada pois seu recém-nascido passava a noite sozinho. Mas, numa manhã, tudo mudou… Quando chegou ao hospital, ela viu David sentado em uma cadeira com seu bebê nos braços. Então, ele disse: “Olá! Eu sou o avô do hospital “, e a mãe explodiu em lágrimas.

Facebook – Children’s Healthcare of Atlanta

Seus sentimentos de culpa e preocupação desapareceram. Agora, ela sabia que o menino estava em boas mãos durante a noite. Comovida, ela captou uma fotografia de David e Logan e postou na página de Facebook do hospital. Pouco tempo depois, milhares de pessoas estavam lançando elogios para o avô do hospital.

David fica muito feliz ao saber que está a ajudar os bebês e seus pais durante os momentos mais difíceis de suas vidas. Seu trabalho como voluntário é sem dúvida magnífico… Compartilhe se concorda!

Fonte: Newsner

Facebook

Quer mais histórias? Click »