Aos 30 anos, morre o cão mais velho do mundo

A morte de alguém que nós amamos é muito dolorosa. Só nos restam boas memórias, fotografias e vídeos que comprovem que vivemos ótimos momentos juntos. Nosso coração fica despedaçado em mil bocadinho que vamos juntando com o passar do tempo.

Despedir-nos de nossos animais de estimação não é propriamente o momento alto da nossa relação com eles. Ainda para mais se eles nos tiverem acompanhado por 30 anos de nossas vidas.

Brian McLaren é um produtor de leite e perdeu domingo passado sua melhor amiga, Maggie Kelpie. Ela tinha 30 anos quando faleceu e foi considerada o cachorro mais velho do mundo.

Facebook – 7 News

Brian disse que Maggie não mostrou sinais de sua idade avançada, até aos últimos dias de sua vida.

“Ela tinha 30 anos. Ainda andou muito bem na semana passada, do celeiro ia caminhando para o escritório e rosnando aos gatos e a todo esse tipo de coisas”.

Em um vídeo postado por 7 News no ano passado, Brian disse que sua amiguinha passou metade dos dias de sua vida dormindo e a outra metade guiando o gado leiteiro.

O homem também admitiu que durante o dia de domingo ia verificando periodicamente sua amada para ter a certeza de que ela ainda estava respirando. Ele disse que esperava que ela sobrevivesse.

Nunca ninguém está preparado para dizer “Adeus”!

Facebook

Quer mais histórias? Click »